AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL

automação-1
Divulgação

VALORIZANDO AMBIENTES

Existem várias formas de automação encontradas por estudiosos para robotizar ações e práticas cotidianas através da tecnologia. Antigamente, poucas pessoas tinham acesso ao conforto, à segurança e ao padrão estético oferecido pela Automação Residencial. Aos poucos essa prática foi ganhando espaço, valorizando ambientes e reduzindo custos. Atualmente, temos a nosso alcance uma gama de possibilidades práticas e econômicas que utilizam a automação, desde a básica até a mais abrangente, em sistemas de integração para diversos ambientes. O resultado é uma ambiência prática, confortável, agradável, mais bonita, valorizada e segura. Trata-se da aplicação de sistemas de controle baseados na automação, para que todas as funções integrem seus acionamentos, visando praticidade, simplicidade e objetividade dos comandos, além do efeito estético.

automação-2
Divulgação

ACENDA LÂMAPADAS PELA INTERNET

Quem nunca saiu de casa e esqueceu uma lâmpada acesa? Já pensou se houvesse a possibilidade de desligá-la à distância? Já existe um modelo de automação residencial com Arduino (plataforma eletrônica de hardware livre), com controle de relés pela internet. Com ele, você pode controlar lâmpadas, eletrodomésticos ou outros equipamentos eletrônicos por meio de uma página gratuita (indicamos www.filipeflop.com). Para isso utiliza-se um circuito com módulo e duas lâmpadas ligadas à rede elétrica, onde você pode alterar o código para incluir mais funções ou até mesmo programar senhas e comandos de voz.

automação-3
Divulgação

AUTOMAÇÃO NO CINEMA

A automação residencial é temática recorrente no cinema, e isso não é de hoje. No filme “Esqueceram de mim 4” (2002) o garoto chega na mansão do pai, uma casa toda automatizada por controle de voz. No longa “Minority Report” também há reconhecimento de voz para automação, quando Anderson chega em casa e diz “I’m home” e as luzes se acendem.

automação-4
Divulgação

Um filme que mostra diversas tecnologias aplicadas à automação residencial é ”Homem de Ferro”. O computador sem tela, através de hologramas; vidros que se tornam telas para toque, como a de um painel de senha para abrir portas. Tanto hologramas quanto telas que parecem vidro já existem. Em Santa Maria, já encontramos empresas que trabalham com automação residencial, como a Cinemashow (Ângelo Bolson, 467), especializada em projetos de automação, além de fornecer orientação sobre os pré-requisitos de instalação. Para ler a matéria completa acesse www.klinikon.com.br

Veja vídeo demonstrativo sobre esquema de como montar um sistema de desligamento de luzes pela internet.

Concorrente do WhatApp? Conheça o Rawr

Squarespace+Banners+Download
Divulgaçao

A grande sacada é que cada usuário pode construir seu próprio avatar animado para interagir com os contatos

Enquanto o Google apresentava o Allo, uma empresa bem menor colocava no mercado um aplicativo que talvez tenha mais chance de sucesso fazendo frente ao WhatsApp que a criação do Google. Isso porque ele é focado nos adolescentes.

A novidade se chama Rawr e funciona basicamente como os demais apps de conversa. Entretanto, há o diferencial de que cada usuário pode construir seu próprio avatar animado para interagir com os contatos.

crotch_kick.0
Divulgação

O processo de cadastro é semelhante ao do WhatsApp e envolve o fornecimento do número de telefone. Depois disso, a pessoa pode personalizar um personagem tridimencional que efetua uma série de movimentos por comandos que são acionados com hashtags. Se digitar #kick, por exemplo, o usuário verá seu avatar chutar o destinatário no meio das pernas; há também opções como #hug (abraço) e #kiss (beijo).

Também é possível conversar com pessoas aleatórias e interagir com elas da mesma forma, mas, como destaca o The Verge, há pouco espaço para abusos, uma vez que só é possível compartilhar fotos com os amigos.

O aplicativo ainda é pequeno, tendo em vista que faz dois dias que foi lançado e que por ora ele só está disponível para iOS. Mas há um apelo considerável sobre usuários jovens, o que pode fazer com que ele se torne um sucesso – aliás, sua avaliação na App Store está quase no máximo.

Veja vídeo demonstrativo. (Fonte: Olhar Digital).

REALIDADE AUMENTADA

inteligencia-artificial
Reprodução

á estamos interagindo com as máquinas (e as máquinas com o ser humano) de uma forma diferente. É a Realidade Aumentada, uma tecnologia que permite que o mundo virtual seja misturado ao real, possibilitando maior interação e abrindo uma nova dimensão na maneira como executamos tarefas, ou mesmo as que nós incumbimos às máquinas. E as novidades surgem a cada dia.

six-flags
Divulgação

GAME e MONTANHA-RUSSSA Por exemplo, desde o último mês de março, em LA, na Califórnia, uma das maiores redes de parques temáticos do mundo, o Six Flags, em parceira com a Samsung, disponibiliza aos clientes um passeio numa montanha-russa em realidade aumentada. Obviamente, virou sucesso instantâneo de público. Gosta de games? Pois então. Sai do forno em outubro o PlayStation VR da Sony, com visor de realidade virtual e produzido para o PS4. A pré-venda já esgotou nos sites especializados, o que comprova que o público não apenas aprovou a ideia, como está curioso para conhecer a novidade.

 

óculos-papelão
Divulgação

ÓCULOS DE PAPELÃO  Outra sacada bacana tem o objetivo de tornar a experiência de realidade virtual mais acessível para todos. Com isso, o Google criou o projeto Google Cardboard, que, por meio de um app gratuito e uma caixa de papelão (que você pode fazer em casa utilizando uma caixa de pizza) transforma o seu celular em um headset de realidade aumentada. Para montar o seu siga as instruções no site Os componentes necessários são: papelão, lentes biconvexas de 40 mm, imãs, velcro e elásticos de borracha. Opcionalmente também é possível usar uma tag NFC para que o smartphone detecte de forma automática o que foi inserido no cardboard.

jogador-1
Divução Leya

LIVRO e FILMES Um dos maiores sucessos envolvendo realidade aumentada é o livro “Jogador Nº 1” (Leya Brasil, 464 pgs). A história de passa num futuro distópico, enfocando a existência virtual versus uma vida comum. A trama se passa no ano de 2044 e segue Wade Watts, um jovem que, assim como a maioria das pessoas, escapa da realidade em uma utopia virtual chamada Oasis e sonha em encontrar os tesouros escondidos ali. Porém, conforme Wade desvenda os enigmas, ele descobre que outros caçadores que estão na busca não querem deixar mais ninguém chegar perto do prêmio e estão dispostos a eliminar qualquer um que entre no caminho.

O filme será adaptado para o cinema pelo cineasta Steven Spielberg, com estreia prevista para 2017. Outra obra cinematográfica sobre o tema é o “Congresso Futurista” (2013), com Robin Wright (interpretando ela própria). O longa faz uma crítica à sociedade atual. Na trama, o corpo da atriz e suas emoções são escaneadas e transformadas em um chip.

congresso-futurista
Divulgação Leya

Assim, sua versão “robótica” poderá participar de milhares de produções cinematográficas diferentes. Misturando animação e filmagem convencional, o longa de Ari Folman brinca com essa confusão entre realidade virtual e a vida sem a utilização desse subterfúgio.

Surgem evidências de que o Google lançará outro visor de realidade virtual

20160126132616_660_420
Divulgação

Os rumores acerca do novo sistema do Google para realidade virtual ganharam mais força, porque apareceu uma menção à novidade no console de desenvolvimento da Google Play.

Um “Android VR” pode ser visto desde ontem ao lado de ícones como Android Auto, Android TV e Android Wear. Ao contrário desses, entretanto, quando o desenvolvedor clica sobre o VR ele não é levado a lugar nenhum.

20160513065002
Reprodução

O aparecimento reforça a informação, levantada nessa quinta-feira (12), de que a gigante de buscas se prepara para apresentar um dispositivo semelhante ao Oculus Rift, do Facebook. O nome seria justamente Android VR e ele seria mais potente que o Gear VR, da Samsung, mas menos que Vive (HTC) e Rift.

Diferentemente do que acontece com o Google Cardboard, óculos de papelão que depende de um smartphone para funcionar, o novo produto conteria com hardware e software próprios. Se tudo isso for verdade, a novidade será apresentada na semana que vem, durante a conferência de desenvolvedores do Google.

Fonte: Olhar Digital/Android Police

Como impedir que estranhos o localizem pelo número de celular no Facebook

facebook-testa-busca-por-palavras-chave-no-app-movel
Reprodução

O Facebook, por padrão, permite que qualquer usuário da rede social o localize digitando o seu número de telefone no campo de busca. O recurso pode ser útil para encontrar um contato do WhatsApp, ou um número qualquer que o tenha ligado. Mas, se você não gostaria de ser localizado pelo celular, é possível restringir a busca apenas aos seus amigos ou aos amigos de amigos.

Passo 1. Acesse o Facebook e faça login em sua conta. Em seguida, no canto superior direito da página, clique sobre o botão da seta e, no menu que aparece, clique em “Configurações”;

1

Acesse as configurações do Facebook (Foto: Reprodução Techtudo)

Passo 2. Em “Privacidade”, localize o item “Quem pode procurar por você usando o número de telefone fornecido?” e, à direita, clique em “Editar”;

2

Acesse as configurações do Facebook (Foto: Reprodução Techtudo)

Passo 3. Por fim, escolha a opção desejada – “Amigos” ou “Amigos de amigos” – e clique em “Fechar”.

3

Restringindo a busca pelo seu número de celular (Foto: Reprodução Techtudo)

Pronto! Dessa forma, apenas seus amigos e/ou amigos de amigos poderão localizá-lo digitando o seu número de celular na busca do Facebook.

Fonte: Techtudo

Netflix subirá assinatura para assinantes mais antigos

netflix-pipoca
Reprodução

A Netflix subirá o preço da mensalidade de seus assinantes mais antigos. No último ano, os clientes de longa data da empresa não tiveram reajuste em suas contas. Com esse aumento, o preço pago ficará no mesmo patamar do que é cobrado de novos assinantes.

Esse reajuste, de acordo com a Netflix, será válido a partir do dia 11 de junho.

Com o fim do programa de apadrinhamento – como chama a Netflix –, os consumidores que contrataram o serviço antes de junho do ano passado passarão a pagar 19,90 reais pelo plano com suporte a duas telas simultâneas.

O plano com suporte a duas telas e reprodução com resolução HD ficará 22,90 reais, e aquele com suporte a quatro telas e resolução HD e 4K passará a 29,90 reais.

A Netflix Brasil informa que todos os assinantes receberão um comunicado sobre o aumento de preço com 30 dias de antecedência. A companhia diz ainda que vai incluir 600 horas de conteúdos originais em sua plataforma de distribuição digital até o fim do ano.

A empresa havia negado anteriormente aumento do preço para a assinatura, mas havia afirmado que o programa de apadrinhamento chegaria ao fim. Aumento não é para todos

Quem contratou o serviço da Netflix após junho de 2015 já paga os valores que serão cobrados a partir de agora dos assinantes antigos. Ou seja, o aumento de preço não será geral, mas, sim, apenas para um grupo específico de usuários.

As tarifas para novas contratações não serão alteradas.

Fonte: Exame

Facebook Flat volta com botão que diz revelar quem visitou seu perfil

1

Nova interface do Facebook Flat traz de volta função que revela quem viu seu perfil (Foto: Reprodução/Facebook)

Quem usa o Facebook há vários anos já deve ter ouvido falar do Facebook Flat. O plugin para Google Chrome ficou famoso em 2015 ao mudar o visual da rede social para Flat Design e supostamente revelar “quem visitou o seu perfil”. O recurso ficou pouco tempo funcionando e causou bastante polêmica, com usuários duvidando sobre qualidade dos dados e a própria rede social pressionando para o app sair do ar. Na última semana, a função “Profile Visitors” voltou, com algumas mudanças e também novas polêmicas.

Basta fazer um “antes e depois” da interface do Facebook Flat para perceber que algumas coisas mudaram: as palavras deram lugar a ícones coloridos, o Profile Visitors virou um binóculo amarelo bastante chamativo e a frase, que antes dizia “Pessoas que mais visitaram o seu perfil”, agora diz “Usuários que provavelmente visitaram seu perfil e interagiram com você com mais frequência”. O app continua mudando o visual e removendo anúncios, além de incluir novos feeds temáticos organizados.

A alteração na frase que explica o recurso dá margem para várias interpretações, trazendo de volta a dúvida sobre a veracidade dos dados. Na atual lista, entram pessoas que podem ter: visto seu perfil, enviado uma mensagem ou reagido a um post com uma curtida (like) ou outro Reaction. Sendo assim, para saber se de fato aquela pessoa apenas visitou seu perfil, é preciso excluir outras interações.

facebookflatvisitantesperfilPlugin Facebook Flat promete revelar quem visitou o seu perfil no Facebook (Foto: Reprodução/TechTudo)

Segundo Rof Tentik, desenvolvedor da extensão, a função voltou no último dia 4 de maio. Sem dar maiores detalhes, ele explicou que enfrentou problemas, mas isso não o impediu de oferecer o recurso, comum ao finado Orkut e ao LinkedIn, e atualmente não suportado no Facebook. “Eu tive um problema com a função “Visitantes do Perfil”, mas agora está tudo certo”, afirmou.

De acordo com Tentik, a mudança na frase foi um pedido do Facebook. Por enquanto, o recurso parece funcionar sem problemas, sem a intervenção da rede social. A ferramenta também não teria mudado.

Como usar o Facebook Flat
O download do Facebook Flat é gratuito. Para usá-lo, basta baixar a extensão e ativá-la no Chrome. Depois, ao entrar no Facebook, uma chave de liga e desliga será mostrada na lateral esquerda. Para ver quem possivelmente visitou o seu perfil, basta clicar no binóculo amarelo no novo menu.

Klinikon Testou. Funcionalidade ok. Experimente!

3

Como ativar o Facebook Flat na rede social usando o seu Google Chrome (Foto: Reprodução/Facebook)

Fonte: Techtudo

Facebook vai passar a sugerir grupos da sua preferência

facebook
Reprodução

O Facebook prepara uma nova estratégia de forma a incentivar a comunicação através dos seus ‘grupos’. Atualmente já em testes a funcionalidade ‘discover’ promete dar uma ajuda na hora de descobrir grupos que estão em linha com as nossas preferências. As sugestões passarão a ser dadas de acordo com uma triagem extensa: localização, interesses pessoais e dos amigos, um modo de funcionamento muito idêntico ao que acontece quando o algoritmo da rede social nos sugere novos amigos aos quais ainda não estamos ligados.

Caso o Facebook falhe esta missão de o ajudar a descobrir os grupos que mais lhe interessam, pode sempre recorrer à anterior pesquisa manual que conta com 24 grandes temas onde encontramos classificações variadas como: desportos, comida, compra e venda, lazer, entre outras.

Este esforço segue uma tendência já adotada pelo Twitter e na subsidiária do Facebook Instagram de forma a garantir uma maior adesão da comunidade de internautas.

Hoje a funcionalidade ‘discover’ para grupos do Facebook está apenas disponível para alguns utilizadores e ainda em testes, prometendo vir a ser disponibilizada para todos os utilizadores muito em breve!

Fontes: Mashable/Tecnologia.com.pt

OPORTUNIDADE: Google abre inscrições para programa de bolsas de pesquisa no Brasil

csm_DSC00063_648e8356f5
Divulgação

Como já está se tornando tradição, a Google abriu novamente as inscrições para o programa de Bolsas de Pesquisa para a América Latina, o que engloba projetos em desenvolvimento no Brasil, segundo o site Tecmundo. Neste ano, a empresa pretende aplicar US$ 600 mil em 24 projetos na região, o dobro dos números de 2015, quando 8 dos 12 projetos auxiliados eram brasileiros.

O projeto teve início no Brasil em 2013 como uma iniciativa piloto desenvolvida pelo Centro de Engenharia do Google em Belo Horizonte. O projeto foi expandido para o restante da América Latina no ano passado, com o plano de distribuir US$ 1 milhão em bolsas durante três anos.

Professores orientadores das principais universidades da América Latina que trabalham em Ciência da Computação, Engenharia ou áreas relacionadas podem submeter projetos de pesquisa em nome de candidatos de mestrado ou doutorado. Para cada projeto de pesquisa, o professor deverá indicar um aluno que seja o responsável por conduzir a pesquisa.

O prazo final para fazer as inscrições é 9 de junho de 2016, e você pode conferir mais detalhes e submeter seu trabalho através deste link.

Áreas de atuação

As propostas precisam pertencer aos campos de estudo que são fundamentais para o Google, listados abaixo:

  • Geo/mapas
  • Interação entre humanos e computadores
  • Retenção, extração e organização de informações (incluindo gráficos semânticos)
  • Internet das coisas (incluindo cidades inteligentes)
  • Aprendizado de máquina (machine learning) e mineração de dados (data mining)
  • Dispositivos móveis
  • Processamento natural de línguas
  • Interfaces físicas e experiências imersivas
  • Privacidade
  • Outros tópicos relacionados a pesquisas na web

Nos projetos de doutorado, o estudante receberá US$ 1.200 por mês, e o orientador US$ 750 mensais. Nos projetos de mestrado, o estudante receberá US$ 750, e o orientador US$ 675. As bolsas serão concedidas pelo período de um ano, mas existe a possibilidade de renovação por igual período para pesquisas de mestrado e por mais dois anos para doutorado.

Fonte: Techmundo e TNH

SAMAS, o vírus temido até pelo FBI, está presente no Brasil

04172540581612-t1200x480
Reprodução

O SAMAS é um ransomware perigoso: ele bloqueia o acesso ao seu computador ou smartphone e cobra um valor (dinheiro) para você voltar a ter o acesso. Ele faz isso criptografando todos os seus dados, então praticamente não há como burlar esse “resgate”. A alta capacidade de viralização desse ransonware também é uma preocupação, já que ele se espalha rapidamente por redes conectadas ao aparelho infectado.

Proteja seu computador com o Panda Antivírus

Se você ainda está dando de ombros para o SAMAS, saiba que até o escritório de crimes virtuais do Serviço de Inteligência dos Estados Unidos (FBI) já emitiu uma nota demonstrando preocupação sobre o vírus.

Agora, um relatório da Kaspersky Lab trouxe uma notícia não muito agradável  para nós, brasileiros: o Brasil ocupa o 1° lugar entre os países latino-americanos mais atacados pelo SAMAS.

Para você ficar ligado e não acabar sendo infectado pelo vírus, Rafael Abdo, gerente de segurança da informação da Locaweb, está oferecendo algumas dicas interessantes. Acompanhe:

  • Faça backup regularmente: procure manter um calendário para fazer cópias de segurança de seus dados pelo menos uma vez por mês.
  • Tenha planos B e C: o ideal é possuir ao menos dois backups, um em nuvem e outro em um dispositivo físico como HD externo e pendrive. Manter mais de uma opção garante que você não terá problemas para recuperar os dados, caso uma das alternativas seja comprometida pelo vírus.
  • Cuidado com links: não saia clicando em tudo o que chega. Os hackers mascaram os vírus em emails falsos, como promoções de lojas virtuais e comunicados de bancos. Tome cuidado também com mensagens de amigos e familiares que não fazem sentido, pois eles podem ter sido alvos de ataques virtuais.
  • Atenção ao nome dos arquivos: vírus costumam ter extensões específicas (as três letras finais que vêm após o nome do documento). Fique atento a .EXE, .vbs e .SCR, que são as mais utilizadas pelos cibercriminosos. Para facilitar, habilite a opção de “mostrar a extensão de arquivos” em seu sistema operacional. Por exemplo, no Windows, vá em “Opções de Pastas” no Painel de Controle e desmarque a opção de ocultar a extensão em “Modo de Exibição”.
  • Software em dia: atualize regularmente seu sistema operacional, navegador e outros programas. Os vírus tendem a explorar vulnerabilidades dos sistemas, e as atualizações têm como um dos objetivos corrigir as brechas e falhas existentes, aumentando a segurança.
  • Fonte: Tech Tudo
  • 04172749942618 (1)
    Reprodução

Para mais informações ligue (55) 3223-6525, ou nos visite na Rua Barão do Triunfo 2209, Bairro Nossa Senhora de Fátima, Santa Maria.

Promoção: Curta a Página da Klinikon no Facebook, marque um amigo e concorra a uma revisão + Panda Antivírus grátis. Promoção válida até 30 de abril.